Nenhum produto na sacola.

Procurar
Sexo no cativeiro

Sexo no cativeiro



Nos relacionamentos duradouros, frequentemente esperamos que nossos amados sejam nosso melhor amigo e parceiro erótico.

Porém como Esther Perel argumenta, o bom e comprometido sexo baseia-se em duas necessidades conflitantes: nossa necessidade por segurança e nossa necessidade por surpresa.


Então como manter o desejo? Com inteligência e eloquência, Perel nos leva ao mistério da inteligência erótica.
São questões discutidas pela psicóloga de 60 anos, que há três décadas atende casais de diversas partes do mundo. Ela também é autora do best-seller Sexo no cativeiro (Objetiva, 2007), que discute os paradoxos entre amor conjugal e a busca pela paixão. 



Monique Ventura

Autora

Estudante de administração, professora de cálculo, produtora executiva do Projeto Lume e estagiária da V-Lov.
Dependendo do momento que você me conhecer eu posso ser só uma delas ou todas ao mesmo tempo :)

Nunca acreditei em signos, mas acredito no poder de crer em algo! Por isso já gostaria de deixar escrito aqui (pra quem acredita e entende sobre) que sou capricorniana com ascendente em escorpião. Sim, sou uma pessoa muito pé no chão e que tem apego as coisas sólidas. Amores líquidos não são pra mim.

Gosto de repensar a ideia de beleza, de entender porque a sociedade segue um padrão, os motivos nos quais nós, mulheres, se entregam de corpo e alma pra uma ditadura. Por que nós acordamos todos os dias querendo ser bonitas? Quem ganha com isso? O que nós ganhamos com isso?

Ah, tenho algumas tatuagens. A maioria não tem significado se olhadas separadamente, o contexto não esta no desenho, mas no momento em que as fiz <3
Acredito que agora vocês já conseguem compreender um pouco sobre mim!

<3